Em um mês, Vojvoda eleva nível do Fortaleza e arrebata torcida com classificação histórica

O Fortaleza venceu o Clássico-Rei milionário contra o Ceará pela Copa do Brasil e avançou às oitavas de final. O Leão ganha mais R$ 2,7 milhões pela classificação. O resultado passa a ser mais significativo se pensarmos que, nesta temporada, o Tricolor ainda não perdeu para o rival: são duas vitórias e três empates em cinco jogos. A classificação é histórica porque Ceará e Fortaleza nunca tinham se enfrentado nesta fase de uma Copa do Brasil.

Mais que isso. Foi justamente em cima do Ceará que Vojvoda conquistou o primeiro título da carreira, o Campeonato Cearense. Ainda não perdeu de Guto Ferreira e de ninguém desde que chegou ao Leão. São nove jogos, com sete vitórias e dois empates.

Ceará, Fortaleza, Vojvoda — Foto: Thiago Gadelha / SVM

A missão do treinador não era fácil. Pegou um time com bons resultados, mas com pouca identidade e soube imprimi-la em um mês.

Os jogadores conseguiram compreender as palavras do técnico de humildade e intensidade e isso ficou bem claro na entrevista pós-jogo, nesta quinta-feira, após a vitória no Clássico-Rei, do volante Ederson.

– Saímos de um jogo que fizemos bastante gols (contra o Internacional) e já focando neste jogo de quinta. Independente do idioma que ele fala, ele (Vojvoda) é comunicativo e passa muita confiança. Ele deixa à vontade em campo e só pede intensidade e vontade. Quando temos a confiança do treinador, isso leva a gente para outro patamar.

Argentino, Vojvoda chegou a um novo local de trabalho, em outro País, decidindo morar no próprio clube para se dedicar muito mais. Pede que a vitória seja comemorada no dia em que foi conquistada, para os jogadores desfrutarem, e no outro dia está disposto novamente a trabalhar. E muito. Chegou após Marcelo Chamusca e Enderson Moreira, constantemente comparados a Rogério Ceni, que é considerado o maior técnico do clube.

Mas Vojvoda soube conquistar mais rápido os torcedores. Com pouco tempo de clube, trouxe não só resultados, mas o futebol ofensivo e ousadia. Que o torcedor tanto sentia falta…

Depois do estadual e da vaga na Copa do Brasil, o Fortaleza tem uma missão difícil: manter o nível na Série A do Brasileiro. Nas duas primeiras rodadas, duas vitórias. Atual líder. A diretoria não esconde que a meta é a permanência, mas também sonha com vaga na Sul-Americana. A meta na Copa do Brasil era chegar até oitavas e conseguiram.

Mesmo sem a chegada de novos reforços, Vojvoda conseguiu fazer o time voltar a render. E isso é admirável. Nas coletivas, não chega a apontar nomes ou posições de reforços. Limita-se a trabalhar com o que tem e vem conseguindo extrair o melhor dos atletas. O Fortaleza terá pela frente o Sport, no domingo, 20h30, pela Série A do Brasileiro. A caminhada do Fortaleza com Vojvoda em um mês é de alegria. Só uma coisa ainda incomoda: a torcida não estar presente para ver tudo bem de perto.

Ceará, Fortaleza, Copa do Brasil, gol, Felipe — Foto: Thiago Gadelha / SVM

Ge/globo.com

WhatsApp CEF (45)99102-5516 – Canal direto com nossa redação – Envie sua solicitação e a nossa equipe irá atender você.

Participe do grupo do Portal Catanduvas em Foco no WhatsApp e receba todas as notícias em primeira mão no seu celular, para participar é muito fácil, entre em contato com o CEF através do nosso WhatsApp (45)99102-5516 e envie a mensagem, QUERO PARTICIPAR DO GRUPO, em poucos minutos você estará recebendo todas as notícias com exclusividade em seu celular.