Belém: caminhoneiros e motoristas de aplicativo protestam contra o aumento dos combustíveis

Uma manifestação nacional, iniciada na manhã desta segunda-feira (22), deve deixar o trânsito complicado em vias da Grande Belém como a rodovia BR-316 e a avenida Almirante Barroso. Caminhoneiros e motoristas de aplicativos reclamam do aumento de combustíveis que somente em 2021 já teve oito aumentos seguidos no preço da gasolina, segundo a Associação dos Engenheiros da Petrobras (AEPET), o combustível acumula alta de 34%.

O aumento dos combustíveis é de responsabilidade da Petrobras que flutua conforme o preço do dólar. As políticas do governo federal também podem influenciar na alta ou queda dos preços.

Na BR-316, caminhoneiros interditam um trecho no município de Marituba, Região Metropolitana de Belém (RMB).

A entrada da cidade foi fechada pelos profissionais do volante que atearam fogo em pneus. Em razão da situação, o trânsito no local é complicado. Até a última atualização apenas uma das faixas estava liberada na via.

Um vídeo da rodovia BR-316, feito do sentido de quem sai da cidade de Belém, em direção a Castanhal, mostra que já há uma longa fila de carros. 

ASSISTA!

A Polícia Militar está no local e acompanha a movimentação. Os militares informaram que o fluxo de carro está passando por uma via da BR-316.

Reprodução

APLICATIVOS

Além dos caminhoneiros, os motoristas de aplicativos também se manifestam contra esses aumentos promovidos pela Petrobrás. 

Pela agenda, ainda pela manhã, eles devem bloquear a entrada da Casa Civil, na Almirante Barroso, em Belém, e depois irão se descolocar para vários pontos da cidade.

Anteriormente, os motoristas já se reuniram com Polícia Militar e o Detran que orientaram por não fechar a via toda, apenas uma parte.

Diário Online.

WhatsApp CEF (45)99102-5516 – Canal direto com nossa redação – Envie sua solicitação e a nossa equipe irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp