Travesti que ficou conhecida por desfilar em reportagem morre vítima da Covid-19

A travesti conhecida como Maravilhosa, que viralizou ao desfilar durante uma reportagem,  morreu na última quinta-feira (04), aos 23 anos, vítima da Covid-19.

Segundo o site News Rondônia, ela estava internada no Centro de Medicina Tropical de Rondônia para tratar tuberculose e pneumonia, mas morreu pouco após ser identificada com sintomas do novo coronavírus.

Maravilhosa ficou conhecida ao se “intrometer” em uma reportagem da TV Allameda, emissora afiliada do SBT em Rondônia. Enquanto uma repórter gravava uma matéria na rua, ela chegou desfilando ao fundo como uma modelo, parou ao lado da jornalista fazendo pose e depois foi embora.

No Twitter, internautas lamentaram a morte da “maravilhosa”. Veja:

Diário Online.

WhatsApp CEF (45)99102-5516 – Canal direto com nossa redação – Envie sua solicitação e a nossa equipe irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp