Raro tubarão bebê de duas cabeças deixa pescador perplexo

Tubarão de duas cabeças é encontrado por pescador

Um tubarão de duas cabeças deu a um pescador indiano o maior choque de sua vida ao encontrá-lo em sua pesca diária.

Nitin Patil estava pescando nas águas de Maharashtra, no oeste da Índia, quando
pegou sua pesca.

Depois de olhar para sua rede, o Sr. Patil, de Satpati, uma vila no distrito de Palghar, descobriu a criatura de duas cabeças.

Tubarão foi lançado de volta no mar

Sem perceber como o tubarão recém-nascido era raro, ele tirou algumas fotos e jogou-o de volta ao mar.

“Não comemos peixes tão pequenos, especialmente tubarões, então achei estranho, mas decidi jogá-lo assim mesmo”, disse ele.

Umesh Palekar, outro pescador, disse: “Nunca vimos nada assim antes.”

Raro tubarão bebê de duas cabeças deixa pescador perplexo

“Acreditamos que um dos maiores tubarões pode ter dado à luz este bebê tubarão de duas cabeças.”

O Dr. KV Akhilesh, do Conselho Indiano de Pesquisa Agrícola – Instituto de Pesquisa de Pesca Marinha Central, só conseguiu pensar em duas outras vezes em que tal criatura foi encontrada.

Somente outros dois tubarões do tipo foram encontrados na história

“É um relatório raro para a Índia“, disse ele.

“Um tubarão de duas cabeças semelhante foi relatado em Gujarat em 1964, e outro
em 1991 em Karnataka.”

“Outros poderiam ter sido observados, mas não foram fotografados ou coletados.”

Os cientistas acreditam que uma variedade de fatores pode ter feito com que o tubarão tivesse essa mutação.

“Essas descobertas são tão raras que é difícil encontrar uma causa para a anomalia“, disse o biólogo marinho Swapnil Tandel.

“Desordens genéticas ou metabólicas, vírus, poluição ou pesca excessiva podem ser as possíveis razões.”

Anomalia sem origem determinada

O que quer que tenha causado isso, disse o Dr. Akhilesh, as chances da criatura de sobreviver até a idade adulta não eram grandes.

“Os olhos de uma das cabeças estavam deformados e havia duas primeiras nadadeiras dorsais”, disse ele.

“É uma chance muito rara. Todos os tubarões de duas cabeças semelhantes eram embriões ou recém-nascidos.”

O Dr. Akhilesh deu crédito à mídia social por garantir que essa visualização posterior fosse registrada.

“Somente por causa do compartilhamento de mídia social poderemos saber sobre isso”, disse ele.

“Caso contrário, também teria sido um caso descartado.”

Minilua.