Após pais negarem comida a filha, menina de 10 anos morre de fome e desidratação

Um casal de Salem, Missouri é o principal supeito da morte de sua filha(Josie Ann Abney) adotiva de 10 anos.

Randall e Susan Abney são ambos acusados ​​de abuso ou negligência de uma criança, resultando em morte. A queixa  foi feita no dia 3 de outubro.

Po sua vez, o xerife do condado de Dent, Bob Wells, confirmou que um médico disse que a menina, Josie Ann, estava emaciada e tão desidratada que o médico não conseguia tirar sangue.


O documento do tribunal relata que um sargento do ‘Departamento do Xerife do Condado de Dent’ disse que os ossos da menina eram visíveis e ela estava coberta de hematomas e “parecia uma vítima do Holocausto”.

A declaração de causa provável também diz que as autoridades encontraram uma fechadura para crianças na geladeira da casa do casal.

A investigação aponta  que durante uma entrevista com a polícia, Randall Abney tentou argumentar que a menina estava emaciada porque optou por não comer e que o faz periodicamente.

O xerife considerou o caso extremamente trágico e disse que a justiça será feita.

Membros da comunidade em Salem, Missouri, reuniram-se em frente ao Tribunal do Condado de Dent na noite de terça-feira. Eles se lembraram da vida de Josie Ann Abney, de 10 anos, pediram justiça na investigação de sua morte e pediram a todos que fizessem mais para impedir o abuso infantil.

Josie pesava menos de 15 quilos depois que desmaiou e morreu, de acordo com o Dent County Coroner’s Office. O departamento reportou que o peso típico para uma criança de 10 anos é de aproximadamente 70 a 75 libras.

Notícias do Último Segundo.