Cascavel tem surto de contágio e 17 auxiliares de produção são contaminados em frigoríficos

O boletim diário da Secretaria de Saúde de Cascavel para o novo coronavírus trouxe dois alertas preocupantes. Um deles é o novo pico de contágio, com 30 novos casos da doença nas últimas 24 horas. Das 157 registrados até ontem, saltaram para 187 nesta quarta-feira (20).

Outro ponto de alerta máximo é que 17 pessoas que não apareciam no boletim da semana passada, no campo profissão que ocupam, passaram a constar nesta semana como a segunda área de atuação mais afetada pela doença em Cascavel. Em primeiro são os profissionais da saúde, com 35 registros, e em seguida vêm auxiliares de linhas de produção em frigoríficos, somando, até o momento, 17 contagiados.

Segundo o secretário Municipal de Saúde de Cascavel, Thiago Stefanello, “todos estão afastados e estão em monitorados, como em qualquer outro local”.

Segundo ele, ainda não houve a necessidade de interdição de alguma linha de produção, mas o alerta está mantido. Ainda não se sabe como o surto iniciou.

Mais dados

Dos 19 suspeitos que aguardavam resultados de exames nesta terça-feira, hoje são 26. Os isolados em casa, com sintomas, mas sem exames, eram 219 há 24 horas. Agora são 258.

O número de mortes suspeitas também aumentou. Ontem era apenas uma em investigação, hoje são duas. Oito dos suspeitos que aguardam resultado estão internados em enfermarias e 16 estão em casa. Já entre os confirmados, 130 são considerados recuperados, 45 estão em isolamento em casa, 3 estão na UTI com ventilação mecânica, 3 estão internados em enfermarias e 6 pessoas morreram no Município.

Mais testes

Hoje, no entanto, Cascavel bateu seu novo recorde com o maior número de casos positivos em um único dia. Vale destacar que muito disso também se dá em decorrência do aumento das testagens no município.

Portal 24h