Nova Zelândia venceu uma batalha contra o coronavírus, afirma primeira-ministra

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, afirmou nesta segunda-feira (27) que o país conseguiu vencer uma importante batalha contra o novo coronavírus, ao não registrar mais casos de contágios locais.

Não há transmissão (do vírus) generalizada e não detectada na Nova Zelândia”, declarou Ardern.

“Vencemos esta batalha”, celebrou, após cinco semanas de restrições.

Por este motivo, o nível de alerta foi reduzido em um nível, do máximo de 4 em que se encontrava.

Algumas empresas, os estabelecimentos que entregam comida e as escolas foram autorizadas a reabrir as portas.

Ardern, no entanto, recordou que não existia nenhuma certeza sobre o momento em que o risco desaparecerá por completo.

A Nova Zelândia ordenou no fim de março um confinamento de quatro semanas, que também inclui o fechamento das fronteiras, a obrigação de permanecer em casa, o fechamento dos comércios e a suspensão de todas as atividades não essenciais.

O país registrou 1.122 casos do novo coronavírus, com 19 mortes. Nas últimas 24 horas, apenas um novo caso de Covid-19 foi detectado.

G1