Polícia Militar atende a um desentendimento entre vizinhos em catanduvas

Compareceu até a Delegacia de Polícia Militar um senhor relatando que estava em sua residência, quando ouviu um barulho vindo da casa vizinha (aos fundos), quando foi verificar do que se tratava, visualizou o seu vizinho quebrando a chaminé do fogão a lenha de sua propriedade, mas que estava fixada no muro do seu terreno.

O relatante disse ainda que solicitou que o vizinho devolvesse o objeto, porém estes passou a ameaça-lo, dizendo “se você é bem homem, vem buscar”, diante do dano e ameaça, o solicitante se deslocou até a Delegacia de Polícia Militar para registrar a ocorrência e representar contra o autor

A equipe então se deslocou até o endereço, onde os policiais conversaram com o suposto autor do dano e ameaça, onde ele relatou que estava limpando o quintal da sua residência e verificou que a chaminé estava caída, no momento em que foi tentar arrumar a chaminé, o vizinho, proprietário do objeto, apareceu na janela e deu um soco, quebrando o vidro de uma janela e disse para ele entregar o objeto, sendo que quando ele foi fazer a entrega do objeto, o vizinho teria empurrado o cano que veio a causar o corte superficial em seu pescoço.

Diante dos fatos as partes foram ouvidas no Destacamento policial e confeccionado o Termo Circunstanciado de infração penal